Triatlo Longo de Caminha & Duatlo de Ovar

7h30 da manhã, última chamada para embarcar no Ferry Boat, que partia dentro de instantes desde a margem de Caminha até algures a montante no rio Minho, para então largar cerca de 200 atletas nas suas águas frias... Sim, era o início de mais uma prova de triatlo. Mas, não era apenas mais uma... Para além do seu início invulgar, a prova que já se esperava exigente, tendo e conta o seu formato de Longa Distância half-ironman com um traçado de ciclismo pela Serra d'Arga, viria a revelar-se verdadeiramente dura para os atletas, começando com 1.900 metros de natação contra a corrente do rio, contrariamente ao planeado pela organização, que embora não se tenha tornado muito seletiva no pelotão, começava desde logo a deixar marcas de fadiga nos atletas. Depois o ciclismo... Por melhor que seja a descrição, a foto ou mesmo o vídeo, ficará sempre aquém do que realmente sentiram os atletas. Foram 90 km por um circuito bastante sinuoso desafiando constantemente a força da gravidade, ora com subidas em que a velocidade típica dos atletas do pelotão rondava os 10km/h, ora com descidas muito acentuadas em que se ultrapassou os 80 km/h... E finalmente, os 21 km de corrida, novamente com um nível de exigência acima da média, com alguns segmentos de areia, empedrado, rochas e pedras soltas.
 
 
 
Era este o desafio que iria definir os campeões nacionais de grupos de idade de Triatlo Longo. Foram 11 os atletas da AASM que alinharam à partida no domingo, dia 14 de Julho, distribuídos por vários escalões etários e, naturalmente, com objetivos diversos, desde simplesmente terminar a prova até lutar por lugares no pódio.
 
 
Pedro Magalhães foi o atleta AASM mais rápido, concluindo a prova em 5h41m01s, ele que atacou do princípio ao fim um lugar no pódio no escalão 25-29, tendo terminado na 5ª posição, mas ainda assim classificando-se como o 3º melhor atleta português no mesmo escalão.
 
 
Mas foi no setor feminino que uma vez mais a equipa conseguiu trazer medalhas para S. Mamede de Infesta. Joana Creissac, com o tempo de 7h57m31s, e Sílvia Pedroso, com o tempo de 8h17m02s, classificaram-se ambas na 2ª posição nos escalões 30-34 e 40-44, respetivamente.
 
 
Emanuel Marques, como já vem sendo hábito, é um atleta a ter sempre em conta na disputa dos lugares do pódio no seu escalão. Desta feita não foi possível, mas acabou por ser o 4º melhor atleta português no escalão 45-49, com o tempo de 5h59m52s.
 
 
Daniel Reis esteve também em destaque nesta prova, terminando com o tempo de 6h02m43s, revelando já nesta fase um bom nível de forma na sua preparação para mais um ironman para o seu palmarés a realizar em Outubro próximo.
 
Todos os restantes atletas AASM terminaram a prova, estando igualmente de parabéns!
 
Resultados da equipa Triatlo AASM no Triatlo Longo de Caminha
 
37º (5º AG 25-29) - Pedro Magalhães - 05:41:01
56º (7º AG 45-49) - Emanuel Marques - 05:59:52
64º (13º AG 30-34) - Daniel Bettencourt - 06:02:43
89º (11º AG 45-49) - Paulo Neves - 06:20:12
96º (27º AG 35-39) - Pedro Reis - 06:25:44
101º (23º AG 40-44) - Rui Pena - 06:30:21
115º (26º AG 40-44) - Paulo Costa - 06:39:55
117º (15º AG 45-49) - José Silva - 06:40:29
130º (14º AG 25-29) - Nuno Pinto - 06:50:28
155º (2ª AG 30-34) - Joana Creissac - 07:57:31
157º (2ª AG 40-44) - Sílvia Pedroso - 08:17:02

Duatlo da Ribeira de Ovar
Ainda no fim-de-semana, mas no sábado, 13 de Julho, Luís Ferreira participou no Duatlo da Ribeira de Ovar, prova aberta disputada na distância sprint, com 5 km de corrida, 16 km de ciclismo e terminando com 2.5 km de corrida novamente. O Luís conseguiu mais um excelente resultado, alcançando o 1º lugar no escalão V1 e 5º lugar da classificação geral absoluta, com o tempo de 0h57m15s.


5º   (1º V1) - Luís Ferreira - 0:57:15

0 comentários: