IBERMAN | A Conquista do Infinito


Qualquer um de nós que lemos este texto e, provavelmente, qualquer ser humano, a primeira vez que viu ou ouviu falar de triatlo, terá ficado com uma profunda admiração por esses atletas multifacetados, capazes de nadar, pedalar e correr, sem parar, ao mais alto nível... Depois, aqueles que se interessaram mais pela modalidade e se aventuraram a ser também triatletas, foram tomando consciência que, com alguma dedicação e disciplina, é possível lá chegar e concluir também uma prova de triatlo. Estaremos a falar de uma prova na distância sprint. Depois o "bichinho" entranha-se, os treinos começam a ser mais numerosos, mais longos, mais específicos, e estes triatletas amadores acabam por encarar com naturalidade distâncias maiores como a distância olímpica e até mesmo a distância longa. E o passo seguinte? Fazer um Ironman? Para o triatleta bem experimentado, esse passo continua a parecer um passo para o infinito. 3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42,1 km de corrida... Parece absurdo tentar correr uma maratona imediatamente após 180 km a pedalar e depois de já ter nadado 3.800 metros... Milhares de pessoas todos os anos se aventuram a realizar uma maratona, quase como um objetivo de vida, mas estes triatletas têm que iniciar a mesma distância já com 7, 8, 9 ou mais horas de intenso esforço físico. - Será que algum dia conseguirei tal façanha? - Esta é a questão que assola a mente de qualquer triatleta e, mais tarde ou mais cedo, acaba por se tornar um sonho a concretizar.

5 de Outubro de 2013 foi o dia "D" para alguns dos nossos triatletas da AASM. Joana Creissac, Nuno Pinto, José Silva, Pedro Magalhães, Paulo Neves, Diogo Moreira, todos em estreia a absoluta na distância, e Rui Pena, este que já havia concluído um Ironman em 2011. O desafio seria de grande respeito para todos pois, para além da distância, a organização do Iberman, resolveu acrescentar uns "pozinhos" ao grau de dificuldade, com um ciclismo muito duro, com rampas longas e inclinações na ordem dos 15% e, para terminar, os últimos quilómetros da maratona desenrolar-se-iam em pleno areal da praia!

Mas a prova, essa seria apenas o culminar de um longo percurso iniciado no primeiro trimestre do ano. O desafio terá começado logo aí... Diz quem sabe, que a parte mais difícil de um Ironman é o treino para o Ironman... E os nossos atletas bem se empenharam semana após semana, com muitos treinos longos e exigentes, abdicando de muitas outras coisas nas suas vidas, para construírem a forma física que uma prova desta dimensão impõe.

Heróis é a palavra justa para os nossos atletas que terminaram esta dura prova, ou Homens de Ferro e Mulher de Ferro. Joana Creissac, não só terminou a prova como subiu ao 3º lugar do pódio no Age Group 30-34. Parabéns Joana!


Pedro Magalhães e Rui Pena foram os primeiros atletas da equipa a concluírem a prova, terminando lado a lado, com o cronómetro a marcar 12h49m. Demonstraram aqui, uma vez mais, o excelente momento de forma que atingiram, provando que os limites somos nós próprios que os definimos. Parabéns Pedro! Parabéns Rui!




José Silva foi o 3º elemento da equipa a cortar a meta. Ele que foi um dos atletas que mais empenho demonstrou na sua preparação para a prova. Parabéns José por este feito notável!


O cronómetro atingia as 14 horas e era a vez de Paulo Neves também concluir a prova. Parabéns Paulo!


E 15 minutos depois das 15 horas de prova, terminava também o jovem Nuno Pinto. Parabéns Nuno!


O também jovem Diogo Moreira acabaria por desistir ao quilómetro 110 do segmento de ciclismo, mas para ele que teve a coragem de enfrentar o desafio, aqui ficam também os parabéns! Certamente que numa próxima oportunidade não deixará escapar a meta.


Classificação Feminina:
5ª (3ª AG30-34) - Joana Creissac - 14:54:43

Classificação Masculina:
301º (29º AG25-29) - Pedro Magalhães - 12:49:07
302º (67º AG40-44) - Rui Pena - 12:49:07
410º (38º AG45-49) - José Silva - 13:47:25
440º (40º AG45-49) - Paulo Neves - 14:00:40
520º (46º AG25-29) - Nuno Pinto - 15:15:49
DNF - Diogo Moreira

2 comentários:

  1. Parabéns a todos os atletas, desculpem mas em especial, para a Joana acompanhado de um grande beijinho. São todos uns heróis, e merecem um grande respeito :)

    ResponderEliminar
  2. Os meus Parabéns aos nossos irmãos do S. Mamede !!! Muito merecem estas classificações IRONMAN pelo seu trabalho de equipa e empenho. Abraços Triatletas
    Filipe Varandas (Perosinho)

    ResponderEliminar