Silver Partner - Polisport


O grupo Polisport foi fundado em 1981., mas na realidade, os primeiros passos da empresa deram-se em 1978, por inciativa do actual CEO e Presidente, Pedro Araújo, quando ainda tinha 19 anos. Àquela época, era um estudante e um entusiasta do motociclismo off-road. Isso permitiu-lhe identificar uma oportunidade na escassez de guarda-lamas plásticos para substituição. Decidido a mudar essa realidade, aconselhou-se junto de profissionais da área dos moldes, adquiri a matéria-prima com as minhas economias e decidi iniciar uma produção artesanal na sua própria garagem. O sucesso conquistado com a procura destes artigos inovadores para a época, levou à criação da Polisport. Ao fim de pouco tempo os guarda-lamas e porta faróis portugueses já chegavam aos mercados after-market de Espanha, França e Itália. Alguns anos mais tarde iniciaria a produção europeia de porta-bébes para bicicletas.

Actualmente, o grupo é constituído pela Polisport Plásticos, SA, pela Polinter Plásticos, SA e pela Polisport Moldes, SA.

A Polinter, adquirida em 2004, é a empresa que se dedica à injeção de plásticos e onde são produzidas algumas das peças da marca Polisport e dos clientes do grupo. É nesta unidade que são desenvolvidas, testadas e aplicadas as tecnologias exclusivas da Polisport. A Polisport Molds foi criada em 2011 e, como o nome indica, dedica-se à produção e manutenção de moldes utilizados no processo de injeção de plásticos. A integração destas duas empresas no Grupo foi fundamental na medida em que permitiu à Polisport controlar todo o processo, desde o design à peça final. As vantagens desta centralização são evidentes ao nível do controlo de qualidade, assim como na gestão dos custos de produção. Simultaneamente, esta gestão global do processo produtivo permite implementar metodologias de trabalho modernas e inovadoras que nem sempre estavam ao alcance dos fornecedores e parceiros do passado.

Neste momento a Polisport conta com seis unidades produtivas, mas subcontrata várias empresas na sua área geográfica. Como resultado, o volume de produção mensal médio está nos 2 milhões de euros.


No segmento de bicicleta, a marca Decathlon e a marca norueguesa Besafe representam dois dos nossos principais clientes de private label. Na área das motos temos que destacar a marca KTM, uma das maiores produtoras mundiais de motos.

A Polisport exporta 97% da sua produção para um total de 65 mercados.
Neste momento, os nossos principais mercados de destino são os Espanha (11%), França (11%), Alemanha (9%) , Estados Unidos (6%) e  Áustria (7%).

A presença anual em feiras é, seguramente, um factor decisivo para a consagração do grupo Polisport no mercado internacional. Na área de bicicleta estivemos na Vellofolies (Bélgica,) Fiestvak (Holanda), Eurobike (Alemanha) Taipei Cycle Show (Taiwan), Cycle Mode (Shangai) e Cycle Mode (Tóquio). No setor das motos iremos expor na Intermot (Alemanha), Eicma (Itália), Salão Duas Rodas (Brasil), e Dealer Expo (EUA). Paralelamente às feiras, o acompanhamento próximo e a visita constante aos clientes tem-se revelado fundamental. O resultado internacional tem sido também muito beneficiado pelas apostas na inovação, qualidade e flexibilidade.

De acordo com um estudo de mercado recentemente efetuado, a Polisport detém hoje uma quota de mercado na liderança europeia de porta-bébes de 46%.

www.polisport.com

0 comentários: